segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Diamantina - MG - 20 de dezembro

Ontem (dia 19), eu, meu pai e meu irmão começamos a viagem de carro que vínhamos programando há algum tempo - a caminhonete é nova e cheia de funções "trip", ideal pra viagens brabeira. Partimos de manhã de Niterói e chegamos por volta de 20h em Diamantina. Perdemos muito tempo num trecho da estrada que estava no esquema Pare-Siga por causa de uma obra. Fora isso, a viagem foi tranquila e sem muitas novidades. A paisagem só chama mais atenção quando finalmente chegamos na região do Jequitinhonha, onde notamos uma geologia diferente da que estamos acostumados no Rio. Grandes pedregulhos rachados formam serras e morros num extenso planalto.

As cidades históricas de MG são bem parecidas, quem conhece Ouro Preto e Tiradentes, por exemplo, não se surpreende com Diamantina. Ladeiras, igrejas, ruas de pedra, arquitetura de época, heranças da época de mineração e garimpo...
Hoje (dia 20), não conseguimos aproveitar muita coisa no nosso rolé pelo centro histórico da cidade, pois, pro nosso azar, a maioria das atrações não funcionam na segunda-feira. A casa de JK e da Chica da Silva - ícones da cidade - estavam fechadas para visitação. As igrejas também não são tão vistosas como as de Ouro Preto. Deu pra perceber que um dia é mais do que suficiente pra conhecer tudo.

Já que não dava pra curtir a tradição histórica da cidade, a parada era buscar aventura. Resolvemos enfrentar a Serra dos Cristais e ir até o Caminho dos Escravos, uma trilha do século XVIII construída por escravos para facilitar a vida dos tropeiros que transportavam diamantes e pedras preciosas. Apesar de originalmente ser um caminho calçado, hoje em dia as pedras estão soltas e na maioria dos trechos não conseguimos identificar o calçamento de tão desgastado. Repare na foto abaixo a distância entre o Caminho dos Escravos e a cidade ao fundo. Nos perdemos na hora de voltar, mas o perrengue valeu o dia.


Amanhã cedo pegamos estrada até Rio de Contas, que já faz parte da Chapada Diamantina, na Bahia. Estou bem ansioso para o trajeto de 780Km entre Diamantina e Rio de Contas: as rodovias do norte de Minas e interior da Bahia passam por alguns dos lugares mais ermos do Brasil. Sertão brabo! Quero ver ema, jegue, caatinga e a tração do carro sendo testada!

3 comentários:

Carolina Cunha disse...

Vs chegaram rápido em Diamantina....
Essa viagem vai ser irada, conta mais por aqui...tira foto também!

Josie disse...

Quero ver fotos! E sempre que puder, conte-nos suas aventuras.. Se cuida!

Sarmento disse...

Bom começo de trip mano (: